De volta



Passados 2 anos de uso a minha máquina decidiu não fazer mais nada :(
Estou de volta á velhinha singer da minha mãe que é uma verdadeira peça de design dos anos 70.
Fez os nossos quartos completos duas vezes, cortinados, edredons,candeeiros, almofadas, saias, vestidos... enfim, não teve descanso durante todos estes anos e só foi a arranjar uma única vez.

Aqui ficam as minhas desculpas para quem está á espera de algumas peças, agora já estou de volta.

steven harrington

6 comentários:

dona chita disse...

Tenho também 2 Singers antigas, uma da década de 60 e outra mais nova de 80. Me admiro como ainda trabalham bem sem resmungar! Hoje em dia não se faz mais peças como antigamente...
boa sorte!
bjs

Teresa Queiroz disse...

BOAS VINDAS!!!!!

BJS
TERESA

Anónimo disse...

Carla, desculpa utilizar o teu blog, mas estou a divulgar o Projecto Mão a Mão - http://www.mao-a-mao.blogspot.com/
Obrigado.

PS - Para mim é tudo Singer, a mais antiga era da minha avó (que mandei restaurar há pouco tempo e ainda é a pedal (no electric power!), a minha mãe tem outras duas, eléctricas, mas já com umas boas décadas de vida, e continuam a ser excelentes para todo o tipo de costuras. Sou completamente Singer!

coisas disse...

:)
A máquina que utilizo é igualzinha a essa, foi a primeira prenda de dia da mãe que a minha mãe recebeu há 32 anos quando vivia na França, ainda eu não era nascida. Não só é linda como funciona às mil maravilhas, mas o seu valor sentimental é a sua maior arma. O teu post fez-me sorrir, não pensei que houvesse outra por ai...
coisas de gatos
coisasdegatos.blogspot.com

Maria Lua disse...

Carla, o comentário anónimo é meu.
Não sei porque fiquei anónima!
Rectificado.

Sara disse...

Eu não tenho grande jeito para costura (com grande pena minha), mas se há coisa que recordo é uma Singer destas da minha mãe, faz parte do meu imaginário :)