Estou de volta




Há muito tempo que aqui não escrevo nada.
Tenho andado pela vida menos virtual e mais vivída :)
Ligada á terra ao céu e levada em avanlanches de puro fluir.
Subi montanhas, desci rios, andei descalça sem medo.
Lancei-me lá do alto e deixei-me ir ao sabor do vento.
Aprendi, cresci, chorei, vivi e o sonho continua, agora também aqui!
Porque a vida só faz sentido quando partilhada...
Estou de volta :)


O poeta beija tudo
, graças a Deus… E aprende com as coisas a sua lição de sinceridade…
E diz assim: “É preciso saber olhar…”
E pode ser, em qualquer idade, ingénuo como as crianças, entusiasta como os adolescentes e profundo como os homens feitos…
E levanta uma pedra escura e áspera para mostrar uma flor que está por detrás…
E perde tempo (ganha tempo…) a namorar uma ovelha…
E comove-se com coisas de nada: um pássaro que canta, uma mulher bonita que passou, uma menina que lhe sorriu, um pai que olhou desvanecido para o filho pequenino, um bocadinho de sol depois de um dia chuvoso…
E acha que tudo é importante…
E pega no braço dos homens que estavam tristes e vai passear com eles para o jardim…
E reparou que os homens estavam tristes…
E escreveu uns versos que começam desta maneira: “O segredo é amar…”
(Sebastião da Gama)

2 comentários:

joana disse...

que bom estares de volta.
eu vinha com frenquência aos pózinhos,
sempre na esperança de encontrar
restos de pózinho que me aquecem
o coração. finalmente! fico muito feliz por
estares de volta!

. disse...

Oh Joana obrigado!!!
è muito bom estar de volta :D

Um beijinho