salto, saltinhos, saltitos



20X20

Existem momentos em que podemos dar saltos bem altos na nossa vida, mas será que compensam?

Há vários anos atrás tive uma proposta de trabalho para uma das maiores agências de publicidade multinacionais, com um departamento aqui em Portugal.A ascensão na "carreira" uma remuneração acima da média e uma excelente experiência para colocar no curriculum, fez com que eu decidisse aceitar a proposta.

Ingenuamente e cheia de expectativas lá fui para o meu primeiro dia de trabalho, mas as coisas desde o primeiro minuto não começaram da melhor maneira:

- uma sala provisória minúscula
- 5 pessoas a fumar compulsivamente
- 1º dia de trabalho = 1ª noitada de trabalho

Enfim... apesar do mau começo ainda consegui ficar quase um ano na empresa.
Mas quando se tem um director criativo (com as costas quentes) aterrorizado com medo de ficar sem o seu belo lugar, sabemos que no final só um de nós poderá ficar.

E como as minhas costas felizmente nunca estiveram nem precisaram de estar quentes, e é com todo o orgulho que digo isto num pais de "padrinhos e conhecidos", é obvio que quem teve de sair fui eu, mas fi-lo com todo o gosto.

E foi assim que depois desta (des)ilusão mudei a minha maneira de ver o que seria a minha "carreia"...

... e passou a ser o 28 que vai para a Estrela, mas sem qualquer conotação negativa, pois foi esta experiência que me fez ver aquilo que realmente queria para mim.

Mas há momentos na vida em que nos voltamos a deparar com esses saltos e as dúvidas surgem de novo...

Só ainda não consegui perceber se será a vida a testar-nos ou a dar-nos uma outra oportunidade!

7 comentários:

sandra Portela disse...

Não sei se a vida pretende-nos "pôr à prova", mas que nos coloca na corda bamba, ah isso sim! Nunca sabemos o que aí vem...eu gostei do teu comentário porque acho que por vezes o dinheiro não é tudo, mas quando chega ao final do mês e se tem 6 eur na conta faltando 5 dias pra receber, dá cá uma dor de barriga:/

Sandra Portela
(Leiria)

Fico à espera de uma visitinha!

Anónimo disse...

Pois é...é triste mas é verdade, grandes ou pequenas as cunhas andam aí.
Não sei se a vida nos testa ou se nos dá novas oporturnidades mas acho que o melhor a fazer é estarmos atentos, ouvir a liçao que ela nos quer ensinar e procurar a paz de espírito com consciência e responsabilidade.
A boa vibração face à vida é que é importante! =)

Patricia Teixeira
Visita-me em www.patricia_teixeira@blogspot.com

Sandra Pereira disse...

Menina linda, que bom teres a coragem e perceberes o teu caminho.
E foi em tempo bom, não precisaste de chegar a velha.
E assim ganhamos nós, que nos podemos deliciar com estas novas e deliciosas ilustrações.
Mais uma igualmente linda e terna.
Saudades de ti princesinha!
Sandra Pereira

Marta Mendes disse...

it's all about second chances

:)

felicidades no novo caminho!

Ana disse...

Não há um único dia na vida em que não sejas testada por alguém ou por alguma coisa. É verdade que há padrinhos por todo o lado. É verdade que ninguém se quer "queimar". E é verdade que há cada vez menos pessoas honestas e que defendem os seus pontos de vista com convicção... independentemente de os mesmos irem contra os seus superiores. Cada dia é, por isso, uma lição... um teste à nossa capacidade de encarar e lidar com as situações. Mas acredito que o mais importante é sermos felizes. É fazermos aquilo que nos dá um gozo enorme... que nos faz perder uma noitada, que nos faz gritar com o chefe, mas que ainda assim, depois de tudo isso, nos faz sorrir. Vai em frente... e terás sempre muitas oportunidades! Um beijo da tua amida de sempre!

Ana Afonso disse...

Andava aqui a testar os meus links e vim cair nas tuas novidades. (será q assim justifico o desaparecimento? :P)

Carla, o teu trabalho tem qualidades raras: junta simplicidade e beleza que vêm d 1 grande sabedoria naquilo q fazes e mta aplicação.
Por um lado é bom que tenhas abandonado o covil dos fumadores!
Asim podes dar vida a um mundo que ninguém poderia ver se deixasses de fazer as 'tuas coisas'. E faz falta sabes? chegar ao teu blog e passear por aqui é remédio santo contra o negrume dos dias.

Mas olha, com o talento que tens, qqr caminho q escolhas tornar-se-á o certo! acredita. Força e 1 grande bji!

raquel disse...

gostei muito de ler o que li, ainda estudo e por isso os medos e as duvidas que tenho ainda são muitas, no entanto tambem acredito que não ha coisa melhor do que fazer aquilo que gostamos e só isso já é motivo para gostarmos de viver e saber que faze-lo vale a pena..

não a conheço pessoalmente, mas sinto que a conheço um bocadinho por tudo o que vejo por aqui.. e pelo que percebi que tem tomado as opções correctas porque faz coisas lindas..

espero ver mais, porque sou fiel ao blog e fico deliciada com o que vejo.. :)