lar, novo lar!




Colagem e acrílico sobre cartão

Workshop de type the city na Fbaul

Um toque Francês:
Sac à gouter/jouets Géraldine Goudard

As taças de papel e as jarras de lâmpadas estam em featured projects, aqui


Com esta história de mudar de casa, tenho estado um pouco confusa com tudo.

Casas novas com cheiro a nada sem história... sim poderá ser começada uma história nova connosco, mas depois de tanto vasculhar dei com esta "quase" ruina para restaurar da época pombalina com paredes interiores pintadas com frescos.

E pensei:
que histórias se terão passado aqui, que vidas, que bons momentos (sempre na esperança que não existam muitos maus).

Então a dualidade neste momento é velho ou novo.

PS: á medida que vamos procurando Sintra fica cada vez mais "longe".

4 comentários:

Alexa disse...

Boa sorte na procura de casa nova!
(Excepto as novas), todas as casas têm uma história e muitos cheiros.
Eu ainda não descobri a história da minha (que, também, foi remodelada), mas espero em breve contá-la no meu blog.

Débora Figueiredo disse...

Espero que encontres uma casa com muitas histórias, mas cheia de espaço para as que tu vais contar. Boa sorte :)
Bjs

dona chita disse...

Adorei a casa! Vai dar um trabalhão para restaurá-la, mas se estiver sentro do seu orçamento e planos, acho que será uma boa pedida! Tem uma linda vista e afrescos, coisas muito difíceis de se achar não é?
Boa sorte!!
gil

oaoa disse...

Não me lembro se alguma vez comentei aqui, mas hoje não resisti, as colagens são lindas e deixam-nos a pensar.
Não resisti a espreitar a casa, porque "nós" também fomos malucos ao ponto de comprar uma casa do séc. XIX construida por cima das muralhas edificadas no séc. XIII/XIV. Imagina quantas coisas bonitas fomos encontrar. E esta casa aqui tem pano para mangas.
Boa sorte na procura