De Cuba com amor...

















Acabada de chegar e ainda a dormir, a minha mãe já teve tempo para me mostrar as coisinhas que trouxe do artesanato local ( os peixinhos são os meus preferidos).
A aventura do tufão que as apanhou mesmo em cheio, as praias magnificas alguma pobreza mas muito dignos e cultos ( Obrigado Sónia) são as primeiras impressões da viagem. Depois do descanso mais novidades :)

6 comentários:

TrêsGatosMiaus disse...

Coisas lindas.........

Sandra Pereira disse...

:D
Sandra

sonia disse...

quando fui a Cuba trouxe uns peixinhos muito semelhantes que infelizmente no meu de tantas mudancas desapareceram... foi a Cuba que ela foi? Eu ca nao os achei miseraveis, achei-os pobres em relacao aos nossos padroes mas muito dignos e cultos. todos a saberem onde era lisboa. a educacao e a saude e obrigatoria e para todos. foi muito comum ser conduzida num taxi por engenheiros ou medicos. sera que estou a falar do mesmo?
jinhos

sonia disse...

agora e que li o titulo do post... tava tonta... pois e a tua mama tb foi a cuba! eu ca tb gostei muito!
jinhos

sonia disse...

ainda a acrescentar porque nao gosto mesmo nada da palavra miseria e da conotacao que tem e nao me leves a mal... vou transcrever um mural que fotografei em havana quando la estive: 200 milliones de ninos en el mundo duermen hoy en las calles ninguno es cubano!

pozinhos... disse...

pois concordo contigo Sónia acho q vou ,mudar a palavra pois o q eu quis dizer depois de ouvir a minha mãe foi exactamente o q tu disses-te não é miséria mas sim pobreza mas sempre com grande alegria , cultura e dignidade :)
Até porque lá a escola é gratis até determinada idade bem como a saude e para além disso são um povo extremamente organizado.
beijinho